Três vícios de condução que vão destruir a embraiagem do seu carro



Maus hábitos e os denominados vícios de condução que vão desgastar a embraiagem do seu carro precocemente.

Se elaborarmos uma lista com as avarias mais temidas, os problemas relacionados estariam com certeza no ‘top3’, pelo menos entre aqueles que ainda conduzem automóvel com caixa manual. A embraiagem é um dos elementos centrais do veículo, faz a ligação do motor à caixa de velocidades e permite ao condutor mudar de relação, arrancar, aumentar ou diminuir a velocidade do veículo. Por isso mesmo, é também uma das peças de maior desgaste, dado que é constantemente chamada à ação. Por norma, uma embraiagem deverá ser trocada entre os 120 000 e os 180 000 quilómetros, embora, frequentemente, necessite de ser substituída muito antes, dependendo do tipo de utilização. Os três maiores “vícios” de condução que podem diminuir consideravelmente a sua vida útil:

  1. Usa e abusa do pedal

Um dos erros mais comuns, é a mania de alguns condutores de pisar duas vezes no pedal para fazer uma única troca de caixa, acionando a embraiagem sem necessidade, com o consequente desgaste adicional.

Em situações em que é necessário recorrer a reduções, também é prejudicial acionar a embraiagem sem antes pisar no travão. Essa prática provoca igualmente maior desgaste à transmissão e reduz a duração do disco em condições ótimas de funcionamento.

  1. Ponto de embraiagem

Quando praticado em excesso, o ponto de embraiagem é prejudicial. Porquê? Porque o equilíbrio entre a pressão na embraiagem e no acelerador, desgasta os componentes da primeira. Sempre que possível, o melhor será recorrer ao travão de mão, sobretudo, quando for uma manobra mais demorada.

Um erro comum do condutor é pressionar muitas vezes o pedal da embraiagem sem ser necessário. Evite manter descansar o pé em cima do pedal da embraiagem, e quando travar só carregue na embraiagem quando estiver prestes a parar, para não deixar o carro ir abaixo.

Se pressionar demasiado no pedal, a embraiagem gasta-se mais depressa e poderá ter que ser substituída em 50 mil quilómetros ou menos. Se sentir um cheiro que lhe parece queimado, mas não parece borracha, é provável que seja da embraiagem, e que esta se desgastou demasiado depressa. Isto acontece por vezes quando tenta fazer arranques em subidas. Terá que pressionar mais no acelerador e largar o pedal do acelerador mais depressa. Noutras ocasiões, o problema poderá não estar relacionado com desgaste. Pode acontecer que carrega na embraiagem mas esta não fica engatada, indicando que o cabo poderá estar demasiado solto. Poderá também haver introdução de ar nas zonas hidráulicas, o que impede os líquidos de atingirem a pressão correta. Estes problemas necessitam de intervenção mecânica para identificar.

  1. Saltar a primeira

Nunca salte a primeira relação. Evite arrancar em segunda, uma vez que tal provocará um desgaste prematuro e desnecessário dos componentes da embraiagem e também um evitável aumento do consumo de combustível.

Outro problema comum, sobretudo em condutores iniciantes é que normalmente não acionam o pedal da embraiagem corretamente, desaproveitando todo o curso do pedal.

In: motor24.pt

Voltar
King Flennor Kroon-Oil Spanjaard PIERBURG HEPU MotoRad KRAWEHL Guarnitauto Michelin KSH Europe Delphi A.B.S. Trico Monroe BF ORIGINAL AE AMC AMC Filter PAYEN Auto Pumps Goetze Bilstein WD 40 VICTOR REINZ Breda Lorett Brembo VALLIK Metelli Champion Rainy Day Eristic OSVAT SACHS FAI Ferodo Glyco GMB IPD GRAF INA Kavo MAHLE KS NDC NPR Europe TDC NURAL OCAP SKF MOOG IVAM NECTO Tecneco
  • PortoR. Engº Ezequiel Campos, 14
    4100-228 Porto

    autosilva@autosilva.pt

    N 41.170020º
    W 8.648949º
  • LisboaR. da Estação, 8/8A
    2695-038 Bobadela LRS

    autosilva@autosilva.pt

    N 38.807065º
    W 9.095878º
  • Encomendasencomendas@autosilva.pt

    PORTO
    N 38.807065º
    W 9.095878º

    LISBOA
    N 38.807065º
    W 9.095878º
  • Horário de FuncionamentoSEGUNDA A SEXTA
    09h00 - 13h00 | 14h00 - 19h00

    SÁBADOS
    Encerrado
  • img
  • Política de Privacidade
  • Qualidade e Ambiente
  • Instruções do Site
  • Recursos Humanos
  • TecAlliance